AUDIÊNCIAS NA SEFAZ E NA CASA CIVIL

A direção do Sindicaixa teve duas audiências nesta semana com o governo do Estado. As reuniões ocorreram sem falsas expectativas, pois ao longo de mais de três anos de governo foram travadas inúmeras batalhas para garantir direitos, chegando até mesmo à realização de greve contra o parcelamento de salários. Mesmo assim, é importante destacar a ajuda dos deputados Pedro Ruas e Alvaro Boésio.

GAE
Na terça-feira, 12, na Secretaria da Fazenda, foram tratados três assuntos específicos: o pagamento dos valores retroativos referente ao aumento do vale-alimentação; a efetivação do benefício GISAE para os colegas lotados no IPE; e também das promoções do Quadro. O sindicato foi recebido pelos coordenadores do GAE, Edson Córdova e Sônia Tizoni.

CASA CIVIL
Na Casa Civil, no dia 13, junto com colegas do Sindisepe-RS, a audiência foi com o secretário Cleber Benvegnú. O debate girou em torno dos baixos salários e da falta de reposição salarial. É importante destacar que existem, no Estado, mais de 15 mil servidores que sequer recebem um salário mínimo como base de seus cargos. Na ocasião, reforçamos as pautas do dia anterior, além de registrar nossa inconformidade pela situação dramática dos colegas, especialmente dos aposentados.

“Seguiremos defendendo nossa categoria e o conjunto dos servidores públicos. O governo Sartori repetiu a velha fórmula de tentar superar seus problemas sacrificando os servidores. Não combateu a sonegação, não reduziu as isenções fiscais e nem o número de Cargos de Confiança, mas arrochou salários e descumpriu ordens judiciais”, destacou o presidente do Sindicaixa Érico Correa.

Deixe um comentário